Prefeitura de Gurupi

Boletim Epidemiológico 14/11/2020

14/11/2020 Divulgação/Secom Gurupi

O Comitê Gestor de Prevenção ao Coronavírus de Gurupi informou que até às 14h deste sábado, 14, foram confirmados mais 11 casos de Covid-19 na cidade, sendo oito resultados liberados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) e três resultados de exames feitos no Hospital Regional de Gurupi. Testaram positivo nove mulheres com idades entre 19 e 47 anos; e dois homens de 62 anos de idade. A taxa de recuperação de Covid-19 neste sábado é de 97,7% enquanto 1% dos casos estão em tratamento.

 

Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), foram realizados 102 testes Swab em 53 mulheres, com idades entre 15 e 65 anos; e em 49 homens, com idades entre 18 e 89 anos. 26 pessoas testaram negativo para o vírus após a realização dos testes rápidos.

 

No Centro de Triagem, 31 pessoas testaram negativo após a realização dos testes rápidos. 14 mulheres, com idades entre 30 e 67 anos; e 10 homens, com idades entre 19 e 60 anos coletaram material para os exames Swab.

 

Em um hospital da rede particular, quatro homens, com idades entre 21 e 57; e três mulheres, entre 27 e 91 anos, realizaram testes Swab.

 

Gurupi contabiliza neste sábado, 14.237 casos descartados, 133 suspeitos, 4.163 casos confirmados, destes, 4.067 (97,7%) pessoas estão recuperadas, 40 (1,0%) em tratamento e 56 (1,3%) óbitos.

 

Internações

Recebem os cuidados na UTI-Covid do Hospital Regional de Gurupi duas mulheres de 66 e 84 anos, e na ala clínica covid estão dois homens de 62 e 81 anos e uma mulher de 82 anos. 

 

De acordo com o relatório de ocupação covid-19 na UPA, há um total de 10 leitos intermediários e 03 leitos de suporte ventilatório. Está em observação uma mulher de 88 anos. 

  

Recomendações

O Comitê Gestor de prevenção ao coronavírus reforça que as medidas de prevenção são extremamente necessárias para evitar a transmissão principalmente aos grupos de risco. O esforço deve ser coletivo e o isolamento social deve ser priorizado. O momento não é para festividades, confraternizações, encontro de amigos e familiares, visitas, viagens, pois a atual situação exige que o isolamento social seja prioridade. Quanto menos contato com outras pessoas, menor é a chance de ser infectado pelo coronavírus. Dessa forma o cidadão irá proteger tanto seus familiares quanto outras pessoas e evitar a propagação do vírus.