Geral|

Compartilhe:

Por Débora Ciany – Ascom Semeg

 

Alunos da rede municipal de ensino de Gurupi começaram a receber nesta sexta-feira,22, kits de alimentação para consumo em família neste período de pandemia. A Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria da Educação, vai distribuir 8 mil e 200 kits. Os gêneros alimentícios serão distribuídos em duas remessas com a segunda etapa composta por produtos orgânicos da agricultura familiar.

 

Estudantes das 26 unidades de ensino municipais vão receber os alimentos de acordo com cronograma estabelecido pelas escolas e creches. Uma das entregas foi acompanhada pela Secretária da Educação de Gurupi, Amanda Costa, que esteve na Escola Municipal Doutor Ulisses Guimarães, no Parque das Acácias. “Pelo nosso planejamento essa entrega deveria ter ocorrido ainda no primeiro semestre, mas não tínhamos conseguido terminar o processo licitatório da forma que gostaríamos. Nós demos andamento em dois processos de forma conjunta de aquisição de alimentos. Um para merenda escolar e outro para kits de alimentação, isso porque no começo de 2021 não sabíamos quando retornaríamos às aulas presenciais. Como só voltamos no final de agosto, acionamos o Tribunal de Contas do Estado para que analisasse o nosso processo e visualizasse se poderíamos continuar a entrega, mesmo com o retorno às aulas, e conseguimos essa liberação”, explicou.

 

 

Descentralização

Dos 17 municípios da região Sul do Estado, só seis retornaram às aulas presenciais, segundo a Secretária e Gurupi com cerca de dois meses da retomada do formato, não registrou nenhum caso de contaminação nas escolas. Amanda também falou da proposta de descentralização dos recursos da merenda escolar que deve entrar em vigor a partir de 2022.

 

“Eu defendo muito que a Secretaria não pode ser detentora desse recurso, e sim a escola porque é quem sabe exatamente o que fazer com ele. Não faremos isso de forma irresponsável encaminhando essa verba para as escolas sem que as equipes tenham capacitação para gerir e organização de como fazer”, disse.