Geral|

Compartilhe:

Por Fernando Vieira – Secom Gurupi

 

Boas práticas que vão desde o plantio até a comercialização da mandioca e seus derivados foram temas de palestras voltadas para produtores rurais de Gurupi e região durante o “Dia Técnico de Mandiocultura”, realizado nesta quarta-feira (18), na Associação Micro Jandira.

 

O evento foi realizado pela secretaria de estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) em parceria com a Prefeitura de Gurupi, por meio da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente. O objetivo foi mostrar aos produtores novas técnicas e boas práticas agrícolas de produção e beneficiamento da mandioca para se obter melhor resultado e levar um produto de qualidade ao consumidor, com preço justo.

 

Para o titular da Seagro, Jaime Café, a mandiocultura gera oportunidade de renda para muitas pessoas e o Governo do Estado busca ampliar ainda mais o número de produtores e de indústrias que possam se estabelecer no Tocantins. “Nosso foco é difundir as tecnologias de produção, mostrar a importância de se implantar a tecnologia para que se possa produzir mais em menos área e também boas práticas no processamento da mandioca no intuito de proporcionar um produto de melhor qualidade e com toda a segurança sanitária”, disse.

 

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Pedro Dias, reforçou que é preciso motivar o agricultor para que ele possa explorar o máximo do que a cultura da mandioca possa oferecer. “A mandioca foi declarada pela ONU o alimento do século, devido a sua diversidade de utilização e quantidade de nutrientes. O poder público tem que fomentar o crescimento da mandiocultura, dada a sua importância, o baixo custo de produção e a sua relevância no dia a dia das famílias do campo”, destacou.